Pesquisar neste blogue

terça-feira, 11 de maio de 2010

TELHADO - SINOS TOCARAM A REBATE

Este Domingo por volta das 4 da tarde os sinos tocaram a rebate na Nova Carantonha.

Ouça a noticia clicando no link. http://www.rcb-radiocovadabeira.pt/pagina.php?cod=5524

ou http://www.jornaldofundao.pt/noticia.asp?idEdicao=105&id=6441&idSeccao=987&Action=noticia

40 comentários:

  1. Nos terrenos aonde nasce a água que é bombeada para os depósitos,colocaram o povo do Telhado em alvoroço...Isto é...Desde os setenta anos decorridos que o povo do Telhado gasta água desse nascente eu como todos os Telhadenses têm esse conhecimento própio,eu porque em criança e muito novo tive o prevelégio de ter asceço a esse local pelo facto de os meus pais serem rendeiros de uma propriedade que confinhava com essa,aonde se encontra o respectivo nascente e vedado creio com uma vedação em seu redor.Pois durante todos estes anos a população sempre gastou água desta nascente,e que de verdade sempre abasteceu a população.É um direito próprio aqui os Telhadenses não podem cruzar os braços perante tal injustiça...Continuamos a precisar dessas águas afim de dar vida aos nossos fontanários.Uma vez mais apelo ao poder local em unidade com o povo defender aquilo que ao povo pertence.Já tinha alertado esta situação neste blog, e uma vez mais a razão do povo vêm ao de cima...Viva o Telhado...Viva os telhadenses...A união faz a força da razão...Ãngelo.

    ResponderEliminar
  2. Afinal o povo ainda sabe o que fazer quando o sino toca a rebate.

    ResponderEliminar
  3. o que é do povo pertence ao povo,mas as informacoes de que estava à venda foram dadas por uma das pessoas que ajudou a destruir a vedaçao do terreno,a qual recebeu recompensa da pessoa que comprou,o povo tem a ver com o vendedor e nao é a destruir o que o comprador fez que se resolvem as coisas,o povo deve ser mais acolhedor para as pessoas das aldeias visinhas.

    ResponderEliminar
  4. Um aviso ao povo do Telhado,nao vao destruir mais no terreno,porque quanto mais destruirem mais teem que pagar.

    ResponderEliminar
  5. È de lamentar uma vez mais determinadas pessoas que vem aqui dar a sua opinião continuarem com um acto de esconderijo,pelo menos assumam aquilo que dizem e não se metam atrás do anonimato.

    ResponderEliminar
  6. Sr. anónimo quem destruiu alguma coisa, foi o senhor que ocupou o que era de todos os Telhadenses. Os Telhadenses não fizeram mais do que repor o que lá estava. Se há alguém a pagar alguma coisa é o senhor que destruiu o património público. As cercas aí existentes custaram dinheiro. Este local estava vedado por alguma razão, espero que tenha entendido. Nestas terras não se cultivava nada já há muitos anos, para não contaminar os lençóis de água com nitratos provenientes do esterco dos animais ou outro tipo de fertilizantes. Este senhor o que fez foi destruir essa vedação, plantar árvores e colocar os respectivos fertilizantes. E os Telhadenses que bebam esse belo cocktail de lixo.

    O senhor que entregue ao povo o que é do povo.


    O Telhadense

    ResponderEliminar
  7. Caro Telhadense:O povo deve de continuar mobilizado para defender tudo o que é de povo.Mesmo recorrendo a justiça afim de se por a legalidade dos terrenos que estavam vedados desde há longos anos...Se esta zona estava vedada há alguns anos é porque tinha um grande significado,e o comprador ao comprar esta propriedade teria que contar que sete espaço estava vedado por algum motivo. Teria que se informar perante os membros da autarquia responsável pelo espaço vedado,e verdadeiros administradores da aérea em questão.

    ResponderEliminar
  8. Peço desculpa por publicar este ultimo comentário como anónimo devido ao meu descuido Ângelo

    ResponderEliminar
  9. Gostava de saber se o histórico do comprador e mesmo o que dizem, " ele ja foi encorrido de vários sítios", e melhor entregar ao povo e nao ameaçe mais porque esta sujeito a ter um bilhete só de ida, tenha juizo enquanto é tempo.

    ResponderEliminar
  10. É PRICISO SEREM BURROS, NA MINHA OPINIÃO A CULPA NÃO É DO HOMEM A CULPA É DO ANTIGO PROPRIETÁRIO, QUE VEMDEU O TERRENOAO ACTUAL DONO
    SE O POVO SE UNICE POR CAUSA DAS FESTAS QUE O PADRE NÃO QUER FAZER I SE O DE LA ENCORRECEM Á CASTADA NADA SERIA ASSIM AINDA ADEM DE ACABAR AS FESTAS TODAS
    PENSEM ASTES DE FAZER ALGO DESNECESSÁRIO POVO

    ResponderEliminar
  11. Parece-me que o único burro que por aqui anda é o senhor. Ninguém está contra o senhor. Queremos apenas aquilo que é de todos os telhadenses. Certamente não é telhadense, pois não falaria dessa forma. Pois nesta aldeia todos somos pessoas humildes, educadas e honestas. Se acha que a água é um bem desnecessário, diga-me o que anda a fazer neste mundo. Para si o sol chegava?

    O Povo unido jamais será vencido. Apenas o povo, porque você a ele não pertence. Nós arranjaremos uma festa só para si, para apanhar uma bela piela e sentir-se o maior do capoeiro.


    O Telhadense

    ResponderEliminar
  12. Ora vamos lá ver...Comprando eu uma propriedade urbana com determinada aérea,e havendo dentro da mesma uma vedação,quer dizer que qualquer coisa existe fora do normal!Então será que a respectiva vedação seria uma gaiola para guardar passarinhos?Só não vê quem não quer, Será que o povo está todo errado?Naturalmente que o povo continuará com a sua intransigência em devolver aquilo que há muitos anos é do povo.Tenho dito.Mais algum esclarecimento?

    ResponderEliminar
  13. Caros senhores, este tipo de assuntos devem serem resolvidos pela via judicial, e nao por invasoes de propriedades ou outras praticas do mesmo genero. Acho q ninguem aqui está acima da lei. E mais o povo continua com estas attitudes, mais perde a razao. E pela boca do presidente da junta, ha um processo a decorrer em tribunal sobre isso. Sendo assim, estes tipos de attitudes é desnecessario, so ha q esperar por uma decisao do tribunal. Pelo q ouvi na radio, o objetivo é a impugnaçao da escritura, e sendo assim, parece me q a zona em questao faz parte desta escritura. Este tipo de attitudes é de lamentar, ninguem está a cima da lei, o certo é esperar por uma decisao em tribunal.Alias, é ate ridiculo esta situaçao chegar a esse ponto, sendo q a zona é do povo, as escrituras em questao ja deveriam ter sido alteradas ha anos.

    ResponderEliminar
  14. Infelizmente quando há contradições desta forma,recorre-se aos tribunais porque as pessoas metida no assunto poderiam resolver a questão directamente.E porque não o fazem?É a ambição ou será a ganancia daqueles que compram...A

    ResponderEliminar
  15. O q o "anonimo" disse acima (do dia 6) é verdade. Isso tinha que ser resolvido em tribunal primeiro. Se o actual dono tem uma escritura q inclui esse espaço, é preciso uma decisao do tribunal a revogar a escritura, e delinear as novas medidas. Se apos decisao do tribunal, o dono nao acatar a ordem do tribunal, ai sim, poderiam ter invadido a propriedade. O problema agora é que foram precipitados e invadiram a propriedade que tava vedada, e sendo que ainda nao ha decisao do tribunal, o unico documento valido é a escritura, ja que hoje em dia, tudo tem que ser documentado e coisas feitas por meras palavras a anos atraz, nao tem mais valor hoje em dia na lei portuguesa. Ora, a invasao de propriedade, pelo artigo 191 do codigo penal é punivel até 3 meses de prisao ou até 60 dias de pena de multa.Escusado é dizer que tbm fica no cadastro. Em materia de propriedades, tem SEMPRE que se fazer as coisas como deve ser de maneira a ter a lei do vosso lado. Nao foi isso que aconteceu infelizmente. Pelo que ouvi na radio, essa zona pertencia ao povo a muitos anos, entao nesse caso a junta de freguesia deveria ter tomado providencias a muito tempo e nao esperar por uma situaçao destas. É facil agora condenar o actual dono, quando isso poderia ter sido evitado anos atraz. É completamente inconcebivel que uma zona q pertence ao povo se encontra numa escritura dum particular (seja do actual ou anteriores donos) durante anos a fio sem que ninguem faça nada.Neste momento, pela lei portuguesa, o actual dono é que tem a razao, visto ter documentos q provam que a area faz parte da escritura, e sendo assim, no acto de compra, essa area foi paga. Como a junta avançou para tribunal, so se pode esperar por uma decisao do tribunal. Este tipo de comportamentos sao condenaveis e em nada dignificam a aldeia, e so mostra que nao sabem fazer as coisas legalmente. Pq no fim, o que importa é a lei. Imaginem agora que este terreno fosse comprado pelo estado por alguma razao. Se invadissem a propriedade da maneira q fizeram, ainda se sujeitavam a receber a brigada de choque da psp. As coisas nao se resolvem assim, se querem resolver a bem, é no tribunal. (a bem, era antes disto tudo acontecer, mas ja que as coisas tao em tribunal, é o que resta)

    Cumprimentos...

    A.S

    ResponderEliminar
  16. Sr. A.S tem toda a razão, a culpa de isto tudo estar a acontecer é de todas as pessoas que até hoje têm passado pela administração da freguesia, junta de freguesia e junta da paróquia. Um alerta para a junta de freguesia, registem tudo o seja do povo, não vá o diabo tece-las. De qualquer forma o novo proprietário devia tentar saber o que se estava a passar na propriedade que estava a comprar. Não seria estranho o terreno estar vedado com arame farpado e ter infraestruturas com depósitos, plataformas de elevação de água, 4 furos e respectivos quadros de electricidade ainda a funcionar. Acho que lhe teria ficado bem dirigir-se até à autoridade local e questiona-la, em vez disso, deitou mãos à obra que iniciou a destruição dessas infraestruturas. Por tudo isto entendo a atitude do povo. Esperemos que toda esta situação seja resolvida.
    Parece que a dona Beatriz Gascão passou mais uma vez a perna aos Telhadenses.


    Boa sorte à junta de freguesia para mais esta batalha.


    João Martins

    ResponderEliminar
  17. Boa Tarde
    O povo não invadiu nada que não fosse seu.
    Foi o povo do telhado que comprou aquela propriedade, com o dinheiro seu.
    O actual proprietário agiu de má fé. Porque sabia de ante mão que aquilo era do povo do Telhado... e mesmo assim comprou e vedou.
    E mesmo assim continua achar que é seu uma propriedade que é de todos...
    Neste momento as coisas vão mesmo para tribunal porque o proprietário não quer chegar mais uma vez acordo com a Junta de Freguesia.
    Agora eu pergunto. E caso tivessem invadido uma propriedade sua, uma propriedade com jardim, arvores, piscina etc.... ficariamos todos impavidos e serenos aguardar que o tribunal decidi-se sobre uma coisa que nós tivessemos pago com o nosso dinheiro...

    CLARO QUE NÃO.... não iamos esperar anos e anos que o tribunal resolve-se essa questão... iamos ficar a ver alguem utilizar a nossa piscina, colher as nossas flores... CLARO QUE NÃO...

    Então parem com hipocrisias. não critiquem o povo por se ter unido.... por aquilo que é de todos...

    Porque se fosse a vossa propriedade.... ai as coisas seriam diferentes... e a lei seria a mesma...

    BASTA DE MORALISMO FASLSOS.... sobre aquilo que custou a ganhar aos nossos avos...

    CUMPRIMENTOS

    Maria Ventura

    ResponderEliminar
  18. Bem, para pegar no que foi dito acima: "Foi o povo do Telhado que comprou aquela propriedade, com o dinheiro seu"... Bem, neste caso explicam como essa area está na escritura dum particular e nao numa escritura pertencente a junta de freguesia. Se realmente pagaram alguma coisa, deve existir documentaçao e uma "ESCRITURA" q comprova isso. Se nao existe escritura, entao essa compra foi ilegal.
    Tbm foi dito que " nao iamos esperar anos e anos que o tribunal resolve-se essa questao"... É sabido e conhecido as demoras dos tribunais, mas mesmo assim, a unica resoluçao possivel é por vias legais. Quem fala assim, acha se acima da lei. Aqui ninguem está a ser hipocrito, a nao ser que acham que a lei portuguesa nao deve ser respeitada. Isto nao é nenhuma anarquia, as leis devem ser respeitadas, e quem nao as respeita ou nao tem valores morais e bom senso ou é criminoso.
    Vou aproveitar para dar mais umas informaçoes sobre o caso, fiz uma pequena pesquisa e pedi informaçoes a umas pessoas amigas no tribunal do fundao, e pelos vistos, nao ha nenhum processo a decorrer da junta de freguesia contra o proprietario. Isto contradiz o que foi referido pelo presidente da junta de freguesia na radio e jornais locais (onde foi dito ja haver um processo a decorrer a 2-3 meses). Ora, a ser verdade, como é isto possivel, se a junta quer resolver este assunto ?? Nao se entende. Se dizem que o proprietario nao tem razao, nao deveriam ter ja avançado com este processo ? Estão a espera do que ?
    Neste caso, se ha aqui falsos moralismos, é de quem condena e nao faz nada para resolver legalmente.
    No meu caso, ja tive um problema similar com um terreno que tenho no norte do país, um proprietario vizinho apropriouse duma area que me pertencia, falei com a pessoa e nao houve entendimento de parte a parte. Fomos entao para tribunal, onde ganhei o processo, tendo a escritura como prova. Demorou 1 ano a ser resolvido mas foi resolvido. Fiz o que estava certo, nao cheguei la a arrancar a vedaçao do vizinho, primeiro falei, nao deu em nada, entao fiz o que manda a lei. E fazer o que manda a lei é o que qualquer cidadao deve fazer, como ja disse, ninguem está acima da lei. Se o "povo" se acha acima da lei, tenham atençao que podem cair do altar onde pensam que estao. E tendo a certeza que o povo tem a razao, nao vejo razao para nao resolver o problema em tribunal.

    Cumprimentos

    A.S

    ResponderEliminar
  19. A compra do terreno envenenado...Os terrenos que foram vendidos sempre pertenceram a casa Aires ou casa do senhor Fortunato.E era dali que abasteciam,com agua a freguesia ou o povo do Telhado,e as sobras da agua da fonte da rua 11 de Abril na altura iam desaguar ao jardim onde hoje temos o espaço pertence ao povo...Como este senhor dava a agua gratuitamente também se sentia no direito de crer as sobras porque eram suas...escrituras aonde e que elas existem?Claro que não há escritura alguma da desanexação deste terreno vedado aonde existem os nascentes...A verdade é que as juntas mas todos os membros que por elas passaram nunca se preocuparam pelo assunto...Agora que alguém comprou a propriedade veio o veneno ao de cima!As junta têm lá gasto dinheiro é verdade mas considerando aquilo seu...Assunto para tribunais e problemas para quem comprou esse espaço que não dá para as complicações...Resolvam o problema directamente porque os tribunais e os advogados vão estalar os dedos de contentes e passam a ser herdeiros duma parte da propriedade.A

    ResponderEliminar
  20. A compra do terreno envenenado...A batata quente nas mãos da junta de freguesia.As aguas destes nascentes que sempre deram agua para a freguesia do Telhado desde há muitos anos,e que pertenciam ao senhor Fortunato ou casa Aires como prova de favor,ainda vai correr muita tinta porque nunca existiram escrituras de que essa parcela de terreno pertence-se ao povo.As águas é que foram dadas nesse tempo em prova de esmola para que os Telhadenses não morressem a sede porque nesse tempo quem mandava eram estes senhores que se julgavam a cima de tudo.Até porque as sobras das agua da fonte da rua 11 de Abril continuavam a ir para o jardim aonde esta hoje o largo das festas...Resolvam o problema directamente porque os tribunais e os advogados vão comer uma boa parte do valor da propriedade...Um conselho amigo...A

    ResponderEliminar
  21. Não entendo este senhor A.S., não foi o povo que arrancou nenhuma vedação, foi sim esse senhor. É esse mesmo senhor, que pelos vistos até a água dos nossos furos já andou a usar para lavar a sua roupinha numa máquina de lavar roupa colocada estrategicamente numa construção feita em cima do nosso terreno.

    Em relação à junta, pelo menos foi o que me apercebi na última assembleia de freguesia, estava a informar a assembleia que iriam interpor uma acção em tribunal contra o senhor em questão.

    O senhor presidente disse que já tinha abordado esse senhor duas ou três vezes e que ele reconhecia o espaço como sendo da junta, mas tinha pedido ao senhor presidente autorização para limpar as silvas que estavam dentro da vedação para tornar o espaço mais agradável e o senhor presidente não se opôs.


    Agora senhor A.S., de uma coisa eu tenho a certeza o presidente da junta que eu conheço terá certamente a postura mais correcta e acertada para resolver este assunto que é do interesse de todos os telhadenses. Já colocou em questão, se não há acção em tribunal, não estarão ainda em negociação.

    Não sei que idade terá, se é demasiado novo confesso que percebo a sua atitude, pois não teve que pagar como todos os telhadenses a água que hoje consumimos. Se é alguém já com alguma idade, só lhe tenho que dizer que não é do Telhado. Pois saberia bem do que estamos a falar.

    E não colocaria em causa a atitude dos Telhadenses.


    Força

    ResponderEliminar
  22. A dona Beatrizinha é que passou a perna ao Telhado, não se lembram como é que ela esvaziou a casa senhorial, contra a vontade expressa em cartas pelo senhor Fortunato para tudo ficasse para os Telhadenses. Mesmo assim ela conseguiu levar tudo o que quis. Agora precisou de mais um dinheirinho para o casino e toca a fintar os telhadenses, vamos lá vender aquilo que eu sei que não é meu.


    É pena estes senhores já terem morrido, pois saberiam como a desancar. Esta sim foi uma chupista. Conseguiu ganhar uma fortuna sem colocar o boletim à sexta-feira.

    ResponderEliminar
  23. Todos os telhadenses sabem que a freguesia do telhado e os seus habitantes nunca tiveram qualquer regalia que viesse da parte da D Beatriz...
    Muito pelo contrario esta senhora se nunca fez mal ao telhado bem também não,e aquilo que herdaram se o povo tivesse sido oportunista até lhe teriam comprado toda a fortuna por meia dúzia de tostões assim com o antigo lugar aqui se chamava jogo da bola.E é do conhecimento do Telhadenses que a referida senhora passa tudo a patacos,assim como a quinta do olho de boi,e o lagar antigo que estão a venda na internet.esta são pessoas que nunca fizeram falta na nossa aldeia porque só têm é capacidade para vender aquilo que nunca lhes custou a ganhar.ciente de que o nosso presidente da junta irá levar as coisas pela melhor maneira de se resolverem a bem de ambas as partes.viva o Telhado disposto a todas as formas de luta...O povo do telhado é pacifico até um limite...Vamos ver o seguimento das negociações se é que as há...A

    ResponderEliminar
  24. Estou curiosa por saber o que os antigos presidente de junta têm dizer sobre isto tudo. Qual a atitude que vão tomar, afinal este espaço, segundo o actual presidente da junta já é da junta á mais de setenta anos. Ou seja todos têm responsabilidade pelo o que está a acontecer.
    Se eu pertencesse á junta iria verifiacar se as outras propriedades também são realmente da junta. Não vá mais algum louco vender o que não é seu. Pois bem sei que também o terreno do cemitério ou parte dele ainda está em nome dos antigos proprietários, tal como a sede da junta do Freixial, a casa mortuária do Freixial, um terreno no Freixial entre outros. Deixem-se dormir.


    Clementina

    ResponderEliminar
  25. Coragem Toni, não desanimes. tu e a tua equipa vão conseguir ultrapassar mais um dos muitos problemas que vos colocam. Boa sorte


    Um abraço amigo,

    André

    ResponderEliminar
  26. Mas há mais...De seguida temos outra na manga que dentro em breve vai dar o mesmo espectáculo...Campo da bola das tapadas aonde há muitos anos se têm praticado desporto,e se jogou a bola durante muitos anos e que foi emprestado ao telhadenses para pratica desportiva.Será que no futuro os jovens queiram dar uns pontapés na bola,ou queiram organizar o torneio de futebol de vinte e dois,e depois?Mais um alerta para todo o povo do Telhado! Estarei ao vosso dispor para tudo aquilo se vos for necessário.A

    ResponderEliminar
  27. Senhor presidente da Junta de freguesia do Telhado.O senhor vai ter que organizar uma série de coisas com as quais não viria passar pela cabeça de ninguém mas a vida é isto mesmo,aquilo que dantes era feito de boca hoje temos que ter escrituras de tudo aquilo que compramos ou venhamos a herdar...Então e de quem é todo o património da igreja e as capelas?Será que é da igreja, ou da diocese da guarda?Ou é do povo?A

    ResponderEliminar
  28. Algumas desta situações serão da responsabilidade das juntas anteriores que pela nossa freguesia passaram porque quem quer estar num lugar destes deve de continuar com a vontade de trabalhar em prol do próximo sem qualquer remuneração monetária.E foram muitos anos que se adormeceu em cima de problemas que hoje obrigatoriamente têm que ser resolvidos para bem da nossa população.Certo de que os problemas se irão resolver a curto ou longo prazo,e como ainda continuo a acreditar na juventude da minha aldeia.A

    ResponderEliminar
  29. Para responder a um comentario feito acima: "Em relação à junta, pelo menos foi o que me apercebi na última assembleia de freguesia, estava a informar a assembleia que iriam interpor uma acção em tribunal contra o senhor em questão.
    " e "Agora senhor A.S., de uma coisa eu tenho a certeza o presidente da junta que eu conheço terá certamente a postura mais correcta e acertada para resolver este assunto que é do interesse de todos os telhadenses. Já colocou em questão, se não há acção em tribunal, não estarão ainda em negociação."

    Bem, está visto q quem escreveu isso nao ouviu as noticias da boca do presidente da junta de freguesia na radio. Ora se so na ultima assembleia referiram q iam abrir um processo em tribunal, so tenho a dizer q o presidente da junta mentiu com os dentes todos ao povo e comunicaçao social. Na entrevista q podem ouvir no site do jornal do fundao e da radio cova da beira, é dito q o processo ja estava em andamento a 2-3 meses... Ora se so agora é q vao avançar, esse senhor obviamente mentiu. Claro q so ve quem quer ver. Andar com rodeios a volta de coisas q sao obvias é facil. Se conseguem negar isso mesmo tendo as provas a mao para conferir, entao sao de má fé.

    Em relaçao ao assunto, sei perfeitamente do q se trata. E quando diz "não colocaria em causa a atitude dos Telhadenses", eu acho compreensivel a attitude, mas como nao me acho acima da lei, condeno isso, sim senhor. Ou sera q está a negar q todos devem fazer as coisas legalmente ? Está escrito algures na lei q se deve fazer justiça pelas proprias maos ??? Se acha q sim, tem q me mostrar onde está isso escrito na lei.
    É sabido por todos q nao se deve fazer justiça pelas proprias maos, ha tribunais para estes assuntos. É claro q quando se quer ter razao a força, tudo é bom. Podem dizer o q querem, a lei é para ser respeitada.
    Se nao entendem isso, é de lamentar. Se nao conseguem entender este ponto de vista legal, vao se informar a policia, a algum advogado, ou até no tribunal. Todos lhes dirão o mesmo. Na idade media, ainda se resolviam as coisas assim, mas hoje em dia ja nao.
    Entendo a reaçao do povo, mas deveriam ter pensado se estavam ou nao a cumprir a lei e a fazer as coisas legalmente.
    Alias, se nao pensaram nisso, a propria junta deveria ter explicado isso ao povo, e dizer q iam tomar açoes, antes disto tudo acontecer, para acalmar os animos.
    Sei q outros aqui virão a dizer q o q foi feito foi a coisa certa, pena estarem bem enganados, vai contra a propria lei e codigo penal. Neste caso, ainda é pior para quem la esteve, visto o dono ter uma escritura na mao q inclui aquela zona de terreno.
    Se tinham q tomar açoes, era DEPOIS duma decisao do tribunal, no caso de ganharem o processo e o dono nao acatar as ordens recebidas pelo tribunal.
    É de acrescentar que ao tomar essa attitude, nao facilitaram a vida a junta de freguesia num eventual processo, visto q se a junta avançar com isto para tribunal, o que se passou ai nao sera certamente visto com bons olhos pelo juiz.
    Espero q tudo se resolva, mas no caso de perderem o processo, sou curioso de ver no que vai dar....

    Cumprimentos

    A.S

    ResponderEliminar
  30. O processo estar em andamento, não quer dizer que já esteja oficializado. Acredito que a intenção do presidente seria dizer que estava a preparar o processo, recolha de elementos, negociações, abordagem a possíveis testemunhas, enfim, algo que qualquer pessoa com cabecinha faria certamente. Pois o senhor presidente também referiu nessa assembleia que já tinha falado com os antigos presidentes de junta para possíveis testemunhas.
    Se o processo ainda não entrou no tribunal é porque de certeza aconteceu alguma coisa para adiar essa situação.

    Dou um conselho a alguns que aqui comentam, leiam o jornal do fundão e vão perceber que o nosso presidente apenas disse que o caso estava entregue a um advogado e como é óbvio será o advogado que irá conduzir o processo e não o presidente da junta. Pois é o advogado que saberá das leis e não o tipo da da meteorologia como é esse senhor A.S..

    Esse senhor está tão interessado no insucesso da nossa junta, que chega a ser ridículo em dizer que já contactou o tribunal para ter a certeza que o caso já teria dado entrada ou não no tribunal do Fundão, em vez de perguntar directamente na junta de freguesia do Telhado. A junta de certeza que lhe iria explicar o que exactamente se está a passar.

    Pela sua forma de falar, parece-me bastante ansioso para que a junta e o povo saiam a perder desta situação.


    Também eu estou desejoso de saber o resultado final de todo este processo, mas claro, o meu desejo é que o povo ganhe, pois se perder seria uma grande injustiça para o Telhado e os Telhadenses.

    Tudo de bom para vós todos.
    Bem haja, por me deixarem exprimir o meu estado de espírito perante toda esta situação.

    Toni podes contar sempre com o meu apoio, sem quem és, tal como conheço bem os princípios pelos quais te reges.

    Boa sorte.

    Joaquim M.

    ResponderEliminar
  31. O sr A.S tem razao no que diz, isto é pra resolver em tribunal e ponto final.
    pro sr joaquim m aqui acima, o sr é q parece o tipo da meteorologia, se tem internet e pelos vistos sabe usa la, dveria nao so ler o jornal, como ouvir (ouvir = COM SOM caso nao tenha percebido) a entrevista no jornal do fundao, onde realmente é dito que ja avançaram para açao judicial a 2 meses. Na outra da radio cova da beira, chega até ao ridiculo de dizer q tiveram la 200 pessoas quando nem 100 tiveram presente, podem tentar deitar areia para os olhos q nao pega. Com comentarios desinformados é q se cai no ridiculo. Em historias destas todos querem levar agua ao seu moinho, encontra se 10 versoes da mesma historia, e até se dao ao luxo de inventarem pormenores. Isto sim é ridiculo. No fim, so uma coisa importa, a lei e a decisao do tribunal.

    Bom dia a todos

    ResponderEliminar
  32. Finalmente alguém que sabe o que diz. A situação tem que ser resolvida em tribunal e ponto final. Este é o aspecto mais importante e não o que o presidente da junta disse ou não disse. Também me dei ao trabalho de saber se a acção já tinha entrado ou não no tribunal e afinal sempre lá está.

    Agora é preciso é sorte e testemunhas crediveis.

    ResponderEliminar
  33. Avançaram. Como vou para Lisboa mas ainda lá não cheguei.

    Avançaram ou tomaram o caminho da acção judicial. Decidiram ser esse o caminho. Achamos que foi a melhor solução seguir o caminho judicial. Acerca de dois meses decidiu-se seguir o caminho da acção judicial.


    Hehheheehehheehhehehe

    Cada um faz a interpretação que quer e da forma que mais lhe convém.

    O que me espanta, pelo que vejo aqui nestes comentários, parece mais importante o que o presidente disse ou tentou dizer, que tudo o que está em causa.

    Meus senhores o que está aqui em causa é a água da nossa terra, é a água que tem matado a sede aos nossos filhos, é a água que durante muitos anos mantiveram vivas as fontes da nossa aldeia, isto é que é importante. É isto que estamos a perder.

    E isto todos sabemos que sempre foi nosso, acho que ninguém o pode negar.

    Devemos todos estar do lado da junta, pois isto não é uma brincadeira.

    Boa tarde e boa sorte.

    ResponderEliminar
  34. Digam aquilo que disseram aqui a única solução é o povo do Telhado continuar a defender aquilo que os nossos antepassados herdaram,e o seguimentos da defesa de um bem essencial para a nossa sobrevivência que tanta falta nos faz ,e nos querem tirar a água da boca com se não nos fosse útil para continuarmos a viver...Alguém conseguiu por o povo do telhado em pé de aviso, mas em ultimo caso e quando não há consenso lá estarão os tribunais para repor a legalidade...Deveremos de continuar com o mesmo espírito de unidade em torno dos representantes da freguesia,neste caso,a junta.Boa sorte.A

    ResponderEliminar
  35. O que o presidente diz na rádio é que já tem um advogado para mover uma acção em tribunal contra o senhor que se apropriou dos terrenos da junta. O que é que não perceberam. Será que já não percebem português. Será necessário transcrever toda a noticia.

    Joaquim M.

    ResponderEliminar
  36. É normal que numa situação destas só os tribunais e os advogados tem conhecimento das leis e as podem por em pratica,e mesmo assim muitas das vezes também erram,por isso vamos esperar pelo decorrer da situação...Se até para se fazer uma simples escritura a quem não se queira dar ao trabalho tem que recorrer a estes senhores porque é disto que eles vivem.Sabem de que lado está a razão?J

    ResponderEliminar
  37. Quando todo este episódio terminar vamos ver que vai estalar as mãos e contente...Será o povo ou será o comprador?Já alguém foi bem claro aqui nestes comentários...J

    ResponderEliminar
  38. Algumas novidades têm acontecido na aldeia do Telhado,e desde o processo dos terrenos que foram comprados por um cidadão nada mais apareceu de noviades...Em que é que ficamos?Claro parece que todos ficaram abismados com este acontecimeto...Este blogo parece que caiu no invernar.A administração do blog perdeu-se?Ou teremos que tocar os sinos a rebate para que este blog desperte.

    ResponderEliminar
  39. esta é minha mensagem de natal para todos os blogues que estou a seguir

    Natal...
    É o mês de confraternização Agradecimento pela vida
    Bênçãos ao filho de DEUS
    União, amor, reflexão!

    Que o bom velhinho traga um saco cheinho de paz,
    harmonia, fraternidade
    Que o gesto de ternura se estenda de várias mãos
    Que ao som dos sinos
    O amor exploda em todas as direções!

    FELIZ NATAL!
    UM ANO NOVO DE FÉ E SUCESSO!

    luis Antunes

    ResponderEliminar